NIHON-SHUWA: LINGUAGEM DE SINAL DO AMOR

Sabe o que é linguagem de sinais? linguagem de sinais nada mais é que uma linguagem feita através de gestos, sendo esses com as mãos ou podendo, até mesmo, utilizar expressões faciais. Ela foi criada para que pessoas com deficiência auditiva possam se comunicar com as outras ao seu redor.

Sabemos que no mundo existem muitas formas de língua de sinais, cada lugar possui seu jeito de demonstrar sua visão.

O idioma japonês como não poderia faltar, também possui o seu e é chamado de 日本手話(nihon shuwa), 日本(nihon) de Japão e 手話(shuwa) de Linguagem de sinais, mas normalmente é conhecida em outros países como JSL (Japanese Sign Language)

Antigamente os surdos do Japão eram discriminados pela sua deficiência, eram excluídos de trabalhos e de tirar carteira de motorista, eram limitados e excluídos socialmente

Com o passar do tempo escolas especiais foram criadas com o intuito de ressocializa lós, mas mesmo assim.

Como era de se esperar a linguagem, vocabulário e gramatica do japonês falado difere bastante da linguagem de sinais. juntamente como o restante da família asiática (coreana, chinêsa e taiwanesa) a linguagem de sinais japonesa não fica reclusa a somente as mãos e braços, também é comum o uso dos olhos, mandíbula e sobrancelhas.

Hoje em Dia

Atualmente eles têm a Nihon Shuwa, não são forçados a fazer leitura labial nem se comunicar usando a voz, mas, infelizmente, escolas específicas para surdos não têm tanto mais, a maioria fechou e eles precisam estudar em salas normais, com pessoas que consequentemente não sabem JSL e nem aprendem na sala, então, mesmo que ele veja a mesma aula que outra pessoa e tenha um intérprete, não estará sendo incluído na sociedade, muito pelo contrário, acaba tornando-se o excluído.

A Nihon Shuwa, mesmo sendo aceita atualmente, ainda sofre muito preconceito e não é tão bem recebida assim.

Curiosidade:

  • Mais de 50% dos surdos japoneses sabem JSL.
  • Mais de 80% sabem o alfabeto datilológico (feito com os dedos).
  • O Japão possui mais de 100 escolas voltadas ao ensino para surdos.
  • A primeira escola para surdos foi fundada em Kyoto, no ano de 1878.
  • Surdos devem ter adesivo em seus carros indicando que possuem deficiência.
  • No Japão o Dedo do meio é usado para fazer sinal de irmão, apesar de em países ocidentais como no Brasil o dedo do meio ser usado para ofensa, no Japão o dedo do meio não é usado para insulto.
Mas é comum ver o dedo do meio ser usado para ofensas em animes e doramas de gangsters, porem isso ocorre principalmente por causa do impacto da ocidentalização.

Escolas no Japão:

Aparentemente existem poucas escolas direcionadas a esse público-alvo, porém, aparentemente, mais de 50% da população surda é fluente em Nihon Shuwa, o que é maravilhoso, mas ainda assim deveria haver muito mais espaços como estes.

VEJA ABAIXO COMO SÃO FEITOS OS SINAIS

VEJA O VIDEO ABAIXO

INDICAÇÃO DE ANIME

A história nos apresenta Shõko Nishimiya, uma estudante que sofre de surdez. Acompanhamos sua transferência para uma nova escola, onde as coisas não lhe saem muito bem. Nishimiya acaba sendo alvo de piadas e até mesmo intimidações por parte de seus colegas de classe. Entre esses alunos, destaca-se Shouya Ishida, um valentão que intimida Nishimiya a ponto de fazê-la mudar novamente de escola. No entanto, esta história aborda o fato de Ishida não sair impune: ele é punido pelas autoridades escolares, sendo condenado ao ostracismo, ficando sem amigos para poder conversar ou se divertir, lhe retirando seus planos para o futuro. A história segue para um novo arco, anos mais tarde, onde Ishida luta para reparar seus erros, e conseguir se redimir com Nishimiya.

Gostou? Então não deixe de comentar e compartilhar com seus amigos ^^ (Equipe Hanasu (話す))

Compartilhar

Deixe aqui seu Comentário

LIVE OFFLINE
track image
Loading...

Conheça os Emoticons Japonês – Kaomoji

Curiosidades sobre o Japão